Creche Mão Amiga – PAC Paz e Vida

Há 9 anos sendo um Exemplo de EXCELÊNCIA

Neste ano comemoramos mais um ano de existência da Creche Mão Amiga – PAC PAZ E VIDA. Completamos 09 anos de um trabalho realizado com excelência e carinho. Pedagogicamente falando, tivemos pontos positivos, e apreciamos o desenvolvimento psicopedagógico surpreendente de cada criança atendida, lembrando que seguimos as orientações da Secretaria de Educação, com supervisão constante e a LDB (LEI de Diretrizes e Base da Educação) e não poderíamos deixar de registrar as ações realizadas na U.E. Porém neste ano letivo tivemos mudanças no atendimento às crianças do município; a proposta e demanda da comunidade e seu entorno era literalmente atender crianças com idade de sete meses a dois anos de idade. Para atender esta demanda foi necessário a construção de todo o imóvel, a manutenção, adaptações e aquisições de equipamentos, brinquedos, etc. Tudo isso tem sido por conta dessa Obra: A Paz e Vida Ministério Zona Sul.

Hoje, atendemos 100 crianças subdivididas em: 25 crianças berçário II; 25 mini maternal; 50 crianças maternal (assistidas por uma professora e duas auxiliares de classe )sendo que todas permanecem na U.E período integral (7h00 ás 17h00), neste período é realizado atividades pedagógicas conforme registro, utilizam matérias estruturados e não estruturados(reciclagem)  com a supervisão da coordenadora Marilene Aparecida Pereira da Silva e da Diretora Márcia Regina Soldo Ferreira, e semanalmente as mesmas realizam reuniões de HTPC (Horário de Trabalho Pedagógico Coletivo), para formação e orientação das professoras e auxiliares. São oferecidas 5 refeições diárias as crianças,  todas realizadas em nossa cozinha e seguimos rigorosamente o cardápio elaborado  por uma nutricionista da Secretaria de Educação. A equipe é muito importante para que possamos desenvolver um trabalho digno e satisfatório, sendo reconhecido no município como referencia a Educação.

Podemos afirmar que as crianças chegam por muitas vezes doentes e debilitadas, mas no meio do bimestre, observamos sua evolução, acredito que DEUS tem agido tremendamente na U.E.

Para quem gostaria de ter seu filho participando, eu oriento que todos os munícipes devem se dirigir a uma EMI (Escola Municipal Infantil) mais próxima de sua residência e levar os documentos (certidão de nascimento, comprovante de endereço e documento pessoal) e apontar três escolas, receberão um protocolo e deveram aguardar ser chamados pela U.E apontada.